Follow by Email

11 de maio de 2016

Lula manda movimentos sociais colocarem “fogo” no país e tomarem as ruas nas capitais



O senado deu início a sessão que irá analisar o pedido de abertura de processo de impeachment que pode afastar por 180 dias a presidente da República, Dilma Rousseff.

A iniciativa do presidente Renan Calheiros em manter a sessão independente de qualquer manobra política ou judicial, deixou irritado o líder sindical Luís Inácio Lula da Silva representante do Partido dos Trabalhadores e investigado na Operação Lava Jato por prática de diversos crimes de corrupção.

Lula deu ordem aos movimentos sociais ligados aos partidos de esquerda para que tomem as ruas das cidades e capitais com objetivo de paralisar as atividades produtoras do país. 

Rodovias estão bloqueadas, empresas estão sendo obrigadas a fecharem suas portas, escolas e universidades estão sendo tomadas e pedestres estão impedidos de caminharem. Há ameaça no ABC paulista de queima de ônibus urbanos.

A população teme que com o afastamento de Dilma Rousseff aconteça atos violentos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário