Follow by Email

16 de agosto de 2016

FAMOSOS - Cozinheira de 59 anos vai à Justiça para saber se Silvio Santos é seu pai

page

Há 20 dias, quando completou 59 anos, Cassia Schmidt Pavan Vitullo conseguiu a resposta da pergunta pela qual esperava há 32 anos: ela era a filha mais velha de Silvio Santos?



A dúvida nasceu em 1984. Cassia tinha 27 anos e disse para a mãe que desejava ir atrás de Otto Schmidt, um alemão que ocupava o campo “nome do pai” na sua certidão de nascimento. 

Ouviu como resposta: “Você é filha do Silvio Santos”…

A confissão ficou guardada por três décadas, enquanto Cassia trabalhava para criar dois filhos. 
Foi camelô (vendeu canetas no trânsito de Copacabana), doméstica, fez pontas em pornochanchadas na década de 1970 e até arriscou ser cover da cantora Maria Alcina (“Seu delegado/ Prenda o Tadeu”).
Hoje é cozinheira afastada do trabalho por motivo de saúde, ganhando uma pensão que não chega a mil reais. É diabética, tem artrose e substituiu a válvula aórtica por tecido animal.
silvio (1)Foi essa cirurgia cardíaca que a levou a ir atrás do mistério que havia deixado no passado. “Minha mãe tinha dito para eu não ir atrás dele. Era um homem poderoso e perigoso”, diz ela, “mas eu já estava quase morta mesmo, então por que não?”..
DNA
O processo foi aberto em 2010, quando um amigo de um de seus filhos havia acabado de se formar em direito. 
“Eu já tinha falado com outros advogados antes, mas nenhum deles quis pegar o caso”, diz ela. A sentença foi expedida em novembro de 2014.
Mas Cassia não havia visto o resultado do exame de DNA até dias atrás. “O advogado mandou uma mensagem dizendo que tínhamos perdido e nunca mais falei com ele.”
Caso fosse de fato filha de Senor Abravanel, teria direito a uma fatia da fortuna do comunicador, avaliada pela revista norte-americana “Forbes”, no início de 2016, em R$ 4,5 bilhões.
silvio (2)Ela diz que nunca pensou no dinheiro. “Acho esquisito. 
Parece que você está assaltando a pessoa.” 
Mas caso fosse mesmo uma Abravanel, ela não lutaria por um naco do dinheiro? “Eu quero uma casa para morar e médico.”.
CARA A CARA
O laboratório do Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo, na rua da Barra Funda, que geralmente abre às 9h, recebeu as duas partes do processo de madrugada
Abriu mais cedo no dia 25 de junho de 2014: às 5h30, suposto pai e suposta filha ficaram cara a cara na sala de espera. 
Cassia foi sozinha. Silvio, com três advogados.
Apesar dos pedidos de silêncio dos demais, os dois conversaram. Silvio quis saber quem era a mãe de Cassia e onde ela havia dito que se conheceram. 
Ela contou que sua mãe, Diva da Conceição Schmidit, dançava com o nome artístico Leila Duarte na Avenida Danças, boate da avenida Ipiranga.
“Ela é muito simpática, mas está enganada”, disse Silvio Santos à Folha. “Eu nunca frequentei ‘dancing’. Eu acho que ela está fazendo confusão com algum colega que foi locutor comigo na rádio Nacional.”
“Até agora, todos os pedidos de reconhecimento de paternidade, que foram três ou quatro, não eram reais.”
Perguntado se a publicação sobre esse caso o incomodaria, Silvio respondeu: “Pode publicar”.
Além de alguma semelhança física apontada por familiares, Cassia tem uma tentativa de carreira política frustrada que lembra a de Silvio. 
Em 1998, quando morava na Praia Grande (SP), ela diz ter sido apontada pelo PFL (atual DEM) para ser candidata a vereadora. Recebeu dez votos. “Pra quem não fez campanha, está ótimo!”
ABRAÇO
O Jardim Fontalis, bairro pobre na divisa de São Paulo e Guarulhos, foi onde ela morou na última década. Até dois anos atrás, quando a história do teste de paternidade se espalhou pela vizinhança e ela deixou o local.
Lá, um conhecido, o entregador de botijões Carlos Sá, opina: “Ela confirmou que era filha do Silvio, ficou rica e está morando lá no Morumbi”.
A última afirmação é a única acertada: Cassia foi mesmo morar na região do Morumbi, mas é caseira da residência de um maestro e mora sem pagar aluguel.
A Folha conduziu a cozinheira até um arquivo jurídico no Ipiranga. Foi lá que ela viu a sentença: “O exame de DNA comprovou que Senor Abravanel não é pai da requerente”.

Cassia conta uma anedota do encontro com o dono do SBT para ilustrar como não ficou triste com o desfecho da saga. Ao se despedir, ela perguntou: “Pode sair um abraço?”. Silvio consentiu. “Era tudo o que eu queria. Para mim, eu ganhei.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário