Follow by Email

29 de julho de 2016

SAÚDE - EMAGREÇA COM E SEM MUSCULAÇÃO


Há uma diferença muito grande entre a mulheremagrecer fazendo apenas uma dieta com restrição calórica e uma dieta com restrição calórica e musculação. 

Ambos os modos fazem com que a mulher perca peso. Porem, com apenas a dieta com restrição calórica, ela irá eliminar não só a gordura corporal, mas também perderá massa muscular.

Fazendo-se um programa de emagrecimento com dieta com baixas calorias (de forma individual e prescrita por um nutricionista habilitado) e com exercícios com pesos (orientado por um profissional de educação física habilitado), o resultado apresentado terá qualidade e a mulher envolvida neste programa não correrá risco com a sua saúde e estética.

Vale lembrar que nosso corpo tem em média 70% de água e por volta de 15% de proteínas, sendo os músculos a estrutura que mais tem proteína.

Dentro disso, levanto uma questão que, a meu ver, baseado na minha vivência de 30 anos como personal trainer (especialista em emagrecimento), a grande maioria das mulheres que tem esse objetivo desconhecem sobre o assunto ou fazem dietas (e sem exercícios) por si próprias sem uma adequada orientação de profissionais habilitados para tratarem deste assunto. Desta forma, a perda de massa muscular é inevitável.


Por que perder massa muscular junto com a massa gorda não é certo e pode até ser perigoso?

Perder massa muscular é perder saúde, força e vigor, pois ela é uma das partes nobres de nosso corpo. Isso refletirá em cansaço, desnutrição e queda da taxa metabólica. 

Consumimos mais energia para mantermos a massa muscular de nosso corpo do que a massa gorda.

Quanto mais elevada estiver a nossa taxa metabólica, menos gordura corporal será acumulada e maiores serão as chances de mantermos o nosso peso ideal (ou o novo peso para quem emagreceu).

Portanto, mulheres, não façam como muitas outras por aí que estão fazendo um “programa de para perda de músculos” ao invés de um programa de somente perda de gordura de forma saudável. 

Procure orientações de profissionais habilitados.

Agora, por quê a musculação e não somente a caminhada ou corrida, por exemplo?

Você irá, sim, perder peso fazendo uma atividade aeróbia, como caminhar, correr, pedalar, etc., mas sem a musculação, seu resultado será com menos qualidade, não haverá a manutenção da massa muscular e seu corpo terá a forma “seca”.

Claro, em se comparação a um corpo “cheinho”, é preferível ter um corpo “seco”. 

Mas se você pode, com a musculação, adquirir um corpo magro, torneado, coxas firmes e um bumbum durinho, por que não praticar a musculação? 

Fique tranquila, você não parecerá como um homem musculoso (como se vê algumas por aí) – isto é outra questão -, mas um corpo que mostrará diferenças.

Com a musculação, você vai incinerar suas gordurinhas, ganhar massa muscular e aumentar a taxa metabólica de seu organismo. 

Alem do mais, somente os exercícios resistidos, como a musculação, é que tem efeito metabólico a longo prazo.

Ou seja, você acaba seu treino com pesos, vai para casa e seu corpo continuará queimando gordura por até 72 horas. 

No caso das atividades aeróbicas (que também são boas) elas só queimam gordura durante o treino e até duas horas do término do mesmo.

Eu costumo programar treinos com 12 minutos de uma atividade aeróbia intervalada antes (aquecimento), 40 minutos de musculação e core 360º e finalizo com 20 minutos outra atividade aeróbia intervalada. 

Nos próximos temas você saberá qual é a diferença entre um treino aeróbio contínuo e intervalado e seus rendimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário