Follow by Email

19 de dezembro de 2014

CINCO MILHÕES É DEVOLVIDO POR AMERICANO POR ACHAR QUE NÃO MERECIA.

Americano devolve bônus de R$ 5 milhões por achar que não merecia

Rick Holley surpreendeu o Conselho de uma empresa americana de projetos sustentáveis ao devolver todas as ações que tinha recebido
Um americano devolveu um bônus de US$ 1,8 milhão, cerca de R$ 5 milhões, porque os projetos que ele desenvolveu não trouxeram os resultados esperados para a empresa. 
Rick Holley, presidente desde 1994 da Plum Creek Timber, uma empresa de projetos sustentáveis de Seattle, nos Estados Unidos.
No início deste ano, ele recebeu 44.445 ações unitárias da companhia. Segundo documento da Securities and Exchange Commission (SEC), órgão que fiscaliza o mercado de capitais americano, o bônus foi dado como um "agradecimento" e incentivo para que ele permanecesse no cargo de CEO pelos próximos anos.  
Os resultados, no entanto, parecem não ter vindo como esperado para Holley.
Em uma atitude pouco comum no mundo corporativo, ele devolveu, no dia 12 de dezembro, todas as ações que havia recebido aos investidores. "Devido às condições econômicas não muito favoráveis, ele decidiu devolver todo o bônus por acreditar que não merecia, a menos que os acionistas da empresas tivessem retorno esperado", revelou o documento da SEC.
O executivo devolveu o bônus, mas permanece no cargo. Além de atuar na empresa, ele participa do conselho de diversas ONGs do setor florestal e de sustentabilidade. É também economista do conselho que auxilia o Federal Reserve Bank de San Francisco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário