Follow by Email

10 de novembro de 2016

OPERAÇÃO CESÁREA - 3 verdades que todos deve saber sobre mulheres que passaram por uma cesárea

Resultado de imagem para OPERAÇÃO CESÁREA
Parto normal ou cesárea? Bem, quem vai definir isso são os pais e, claro, o médico de confiança, que irá orientar na decisão de acordo com cada caso. 
O mais importante é que mamãe e bebê fiquem bem e que todos celebrem esse momento mágico do nascimento.
Hoje, o Incrível.club quer celebrar as mulheres que passaram por uma cesárea e carregam com orgulho sua "cicatriz da felicidade".
Resultado de imagem para OPERAÇÃO CESÁREAA cirurgia cesariana gera situações difíceis de serem encaradas, e só aquela que é mulher e mãe ao mesmo tempo consegue enfrentar. 
A seguir, trazemos 3 verdades que só uma mulher que passou por uma cesárea pode contar.

1. Elas enfrentam as consequências da intervenção cirúrgica como guerreiras.


Trata-se de uma operação que, por mais habitual que seja, não deixa de ser uma intervenção cirúrgica que traz riscos. 
Por menores que estes riscos sejam, eles existem.
Além disso, neste tipo de cirurgia nem sempre o futuro papai ou outro parente está presente
Nestas situações, a mulher fica sozinha, sem a chance de receber apoio e com muitas incertezas rondando a cabeça.
É impossível pensar num melhor exemplo de batalha do que este, quando o medo e a solidão lutam internamente contra a força, a vontade e o amor incondicional que estas mulheres sentem só para receber seu lindo bebê.

2. Até saírem da sala de cirurgia, não têm como saber se tudo correu bem.


Neste caso, o risco não acaba com o nascimento do bebê. Como em toda cirurgia, até que o paciente não saia do centro cirúrgico e que a anestesia perca o efeito, é impossível dizer se tudo foi um sucesso.
Além disso, há um detalhe que poucos conhecem: durante a cesárea, a mãe está consciente. 
Não sente dor, mas sente todo o movimento que acontece no interior do seu corpo. 
É uma sensação pouco agradável, invasiva e pode ser até traumática quando a mulher não está previamente preparada. 
Ainda assim, elas encaram tudo com a cabeça erguida, pois sabem que a recompensa é grande.

3. Suportam a recuperação após a cesárea como verdadeiras heroínas.


Quando um filho nasce, o mundo da mãe gira em torno daquele pequeno ser, e elas passam semanas cuidando de suas necessidades. 
Isso requer toda uma predisposição e logística, numa rotina que pode ser muito desgastante. Imagine fazer tudo isso com dor. 
Sim, com dor, porque o fato de não ter passado por um parto normal não livra das dores e incômodos que surgem no pós-operatório.
E isso deixa as mulheres ainda mais fortes, elas encaram momentos dolorosos que muita gente consideraria impossíveis, além de desenvolverem uma força interior só comparável à força de outra mãe.
Ainda assim, elas passam por tudo isso com um sorriso no rosto e com todo amor do mundo no coração, pois sabem que cada minuto sem dormir, cada fralda que precisa ser trocada, cada pequeno sorriso, a possibilidade de segurar aquela pequena mãozinha, sentir a respiração e o aroma agradável do bebê justificam tudo. 
Essa é a razão pela qual estão neste mundo: para garantir a felicidade daquela pequena pessoa, que é uma extensão delas mesmas.
Aplaudimos de pé cada uma destas mães, que são marcadas com uma cicatriz que nunca as deixará esquecer do que são feitas. 
Então, fica o recado: mães, carreguem esta bela marca com orgulho, não a escondam nem a disfarcem. 
Poucas mulheres têm o privilégio de poder exibi-la.
Agora, se seu filho nasceu de parto normal, você também é uma guerreira e tem histórias só suas pra contar. 
Então, que tal compartilhar com a gente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário