Follow by Email

2 de junho de 2016

FUTEBOL PERNAMBUCANO - SPORT ACABA COM A INVENCIBILIDADE DO SANTINHA.


No Arruda, Sport faz 1 a 0 no Santa Cruz e deixa a lanterna do Brasileirão Carlos Ezequiel Vannoni/Agência Eleven





Sport vence clássico e estraga festa do Santa no 'dia do fico' de Grafite.

A quarta-feira do torcedor coral poderia ser praticamente perfeita. No fim da tarde, recebeu a notícia de que o artilheiro Grafite renovou contrato até o fim de 2017. Horas depois, tinha a chance de fazer a festa com uma vitória no clássico contra o Sport e até dormir na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Mas não foi o que aconteceu. O arquirrival levou a melhor no Arruda e, com gol do contestado Edmílson, venceu o duelo desta quinta rodada da Série A por 1 a 0.
O placar poderia ter sido ainda mais amplo, já que o Sport acertou duas bolas na trave, perdeu dois gols cara a cara com Tiago Cardoso e ainda jogou metade do segundo tempo com um jogador a mais, já que Roberto foi expulso aos 26min.
Com o resultado, o Sport conquista a sua primeira vitória na competição e chega a quatro pontos, mas ainda assim continua na zona de rebaixamento (17º lugar). O Santa Cruz, em contrapartida, perde a primeira na Série A, estaciona nos oito pontos e perde a posição no G-4, caindo para o quinto lugar.

Quem desequilibrou: Diego Souza decide em jogada individual

O gol do Sport veio após uma linda jogada de Diego Souza, que recebeu no meio-campo, tirou seus defensores com um giro e, de biquinho, deixou Edmílson na cara do gol. Apesar do gol perdido no segundo tempo, foi o jogador mais criativo e agressivo do time rubro-negro, deu boas arrancadas e segurou a bola quando foi preciso. Foi, aliás, o primeiro Clássico das Multidões do camisa 87.

Quem foi mal: Alemão e zaga coral falham demais

A defesa do Santa Cruz não funcionou na noite desta quarta-feira. Além da linha de impedimento que deu errado no gol rubro-negro, o setor falhou bastante e, já no primeiro tempo, cedeu boas oportunidades ao Sport. Alemão errou demais, levou amarelo e acabou até substituído por Milton Mendes aos 19min do segundo tempo.

Contestado, Edmílson marca 1º gol

Edmílson contou com enorme resistência da torcida antes mesmo de sua contratação pelo Sport, há duas semanas. Até mesmo uma campanha contra a sua chegada foi criada, com a hashtag #foraedmilson. Com o aval de Oswaldo de Oliveira, o jogador foi contratado mesmo assim, e nesta quarta marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Ainda foi ovacionado pela torcida ao ser substituído.

Grafite apagado no 'dia do fico'

Com o Santa Cruz pouco criativo, Grafite esteve apagado na noite desta quarta-feira. Quase não foi acionado, finalizou só uma vez e assim passou em branco pelo segundo jogo seguido, decepcionando a torcida que encheu o Arruda.

Milton Mendes arrisca tudo, mas Santa não reage

Assim como no jogo contra o Cruzeiro, o técnico Milton Mendes resolveu mexer ainda no primeiro tempo. Com o time mal em campo, ele tirou Wallyson e colocou Lelê com 37 minutos de jogo. Já na etapa final, com o Santa ainda em desvantagem no placar, arriscou mais ainda, tirando um zagueiro (Alemão) e colocando um meia (Fernando Gabriel). Mesmo assim, o time coral continuou encontrando dificuldades, e a situação ficou ainda pior quando o estreante Roberto recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Grafite fica. Mas e Milton Mendes?

Se por um lado Grafite teve sua permanência assegurada, não pode se dizer o mesmo do técnico Milton Mendes. Alvo do Braga, time da primeira divisão de Portugal, ele confirmou a sondagem e disse que, caso chegue algo oficial, irá analisar a proposta. 

Jejum e invencibilidade encerrados no Arruda

Se por um lado o Sport voltou a vencer depois de oito jogos, o Santa Cruz teve encerrada a sua sequência de 18 partidas sem perder – o time ainda estava invicto na temporada de 2016.
SANTA CRUZ 0 X 1 SPORT
Local: Estádio do Arruda, Recife (PE)
Data: 01/06/2016 (quarta-feira)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (Ambos de PE)
Cartões amarelos: Uillian Correia, Alemão, Léo Moura, João Paulo e Arthur (Santa Cruz), Diego Souza e Serginho (Sport)
Cartão vermelho: Roberto (Santa Cruz)
Gols: Edmilson, aos 8min do primeiro tempo

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Léo Moura (Bruno Moraes), Alemão (Fernando Gabriel), Danny Morais, Roberto; Uillian Correia, João Paulo, Wallyson (Lelê); Arthur, Keno e Grafite
Técnico: Milton Mendes

Sport
Magrão; Samuel Xavier (Ronaldo), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Serginho, Rithely e Diego Souza; Éverton Felipe, Gabriel Xavier (Rodrigo Mancha) e Edmilson (Lenis)
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário