Follow by Email

30 de outubro de 2016

Hamilton faz pole para GP do México e vê Rosberg assegurar 2º lugar no fim

Disposto a impedir que seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, seja campeão mundial já neste fim de semana, Lewis Hamilton assegurou a pole position para o GP do México deste domingo, com transmissão ao vivo do SporTV a partir das 16h30 (horário de Brasília)
O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos. Vice-líder do campeonato, o tricampeão mundial assegurou a posição de honra ao cravar 1m18s704 no treino classificatório deste sábado, no Autódromo Hermanos Rodríguez. 
Precisando vencer a corrida e torcer para o britânico chegar, no máximo, em 10º para ser campeão, Rosberg, vinha discreto nos treinos livres, mas desbancou a dupla da RBR o anotar 1m18s958 nos segundos finais da sessão e assegurou, ao menos, o segundo lugar no grid. 
A corrida é válida pela 19ª e antepenúltima etapa da temporada 2016. Confira classificação e calendário.
Nico Rosberg e Lewis Hamilton se cumprimentam após treino classificatório no México (Foto: Getty Images)Nico Rosberg e Lewis Hamilton se cumprimentam após treino classificatório no México (Foto: Getty Images)
E após os carros da RBR e Ferrari mostrarem força nos treinos livres e ensaiarem ameaçar a soberania das Flechas de Prata na classificação, os demais pilotos acabaram, mais uma vez, meros protagonistas dos dois postulantes ao título. 
A dupla da RBR ficou com a segunda fila, com Max Verstappen em 3º (1m19s054) e Daniel Ricciardo em 4º (1m19s133). Já a Ferrari acabou surpreendida por Nico Hulkenberg, da Force India, e teve de se contentar com a 6ª colocação, com Kimi Raikkonen, e a 7ª, com Sebastian Vettel. 
Felipe Massa e Valtteri Bottas levaram a Williams até o Q3 e ficaram, respectivamente, com a 9ª e 8ª posições. Carlos Sainz Jr., da STR, fechou o top 10. 
Felipe Nasr foi eliminado no Q1, em 19º, e voltou a reclamar da falta de rendimento de sua Sauber.
Lewis Hamilton no treino classificatório para o GP do México (Foto: Reuters)Lewis Hamilton no treino classificatório para o GP do México (Foto: Reuters)

Q1 - 18 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOS

O Q1 marcou, mais uma vez, a queda precoce de Felipe Nasr. Novamente reclamando da falta de rendimento com sua Sauber nesta reta final de temporada, o brasileiro ficou apenas em 19º, enquanto seu companheiro Marcus Ericsson avançou em 13º. 

Nos segundos finais, uma cena curiosa: um dos pilotos da casa, Esteban Gutiérrez, rodou sozinho e ficou atravessado na pista. Como consequência, atrapalhou seu companheiro de Haas, Romain Grosjean, e ambos foram eliminados. 

Esteban Gutiérrez roda e atrapalha Romain Grosjean, companheiro de Haas, no Q1 do treino classificatório no México (Foto: Divulgação)Gutiérrez roda e atrapalha Grosjean, companheiro de Haas, no Q1 do treino classificatório no México (Foto: Divulgação)
Outro que decepcionou foi Daniil Kvyat. De contrato recém-renovado com a STR, o russo ficou apenas em 18º. Já Jolyon Palmer, da Renault, sequer foi para a pista, após a equipe descobrir uma rachadura em seu chassi minutos antes do início da atividade. 

O mais veloz do Q1 foi Hamilton (1m19s447), seguido por Raikkonen, Ricciardo, Vettel e Verstappen. Rosberg foi apenas o sexto. Massa avançou em nono, logo atrás de Bottas. Destaque para Pascal Wehrlein, que levou a Manor ao Q2.

- O carro continua muito desequilibrado. Fomos com o mesmo acerto do outro carro e o resultado é completamente diferente. Um carro está totalmente equilibrado para frear, acelerar, e o nosso é totalmente diferente - lamentou Nasr.

Renault identifica rachadura em chassi e Jolyon Palmer não participa de treino classificatório no México (Foto: Divulgação)Renault identifica rachadura em chassi e Jolyon Palmer não participa de treino classificatório no México (Foto: Divulgação)


Eliminados no Q1:
17º - Esteban Gutiérrez (Haas) - 1m21s401
18º - Daniil Kvyat (STR) - 1m21s454
19º - Felipe Nasr (Sauber) - 1m21s692
20º - Esteban Ocon (Manor) - 1m21s881
21º - Romain Grosjean (Haas) - 1m21s916
22º - Jolyon Palmer (Renault) - sem tempo

Q2 - 15 MINUTOS / 6 PILOTOS ELIMINADOS
Felipe Massa conseguiu uma vaga no Q3, ao completar o Q2 na nona colocação, novamente uma atrás de Bottas. 

Para decepção da torcida mexicana, Pérez errou sua volta rápida e perdeu a chance de ir para a superpole, enquanto seu companheiro Hulkenberg avançou com a Force India. Também caíram fora: Alonso, Button, Magnussen, Ericcson e Wehrlein. 

O Q2 evidenciou também a estratégia diferente de pneus dos primeiros colocados para o começo da corrida, já que os competidores obrigatoriamente precisam largar com os compostos que anotaram as melhores voltas nesta parte da classificação. 

Verstappen foi o mais veloz do Q1 (1m18s972) com pneus supermacios (faixa vermelha). Hamilton, Vettel, Ricciardo e Rosberg vieram a seguir, todos com pneus macios (faixa amarela), com exceção do australiano da RBR, que optou pelo supermacio. Kimi avançou apenas em sétimo, e Sainz completou os classificados para o Q3.

Eliminados no Q2:
11º - Fernando Alonso (McLaren) - 1m20s282
12º - Sergio Pérez (Force India) - 1m20s287
13º - Jenson Button (McLaren) - 1m20s673
14º - Kevin Magnussen (Renault) - 1m21s131
15º - Marcus Ericsson (Sauber) - 1m21s536
16º - Pascal Wehrlein (Manor) - 1m21s785

Q3 - 12 MINUTOS / 10 PILOTOS DISPUTAM A POLE
Hulkenberg, Bottas, Sainz e Massa foram os primeiros a marcar tempo no Q3. Nenhum piloto, porém, pisou fundo nos minutos iniciais. O treino “começou para valer” quando Verstappen e Ricciardo anotaram 1m19s092 e 1m19s210, respectivamente, e pularam para as primeiras posições. Hamilton veio a seguir e marcou 1m18s704, assumindo a ponta. Rosberg, com 1m19s210, surgiu em quarto, apenas. Já os pilotos da Ferrari eram somente sexto, com Raikkonen, e oitavo, com Vettel.

Os pilotos voltaram aos boxes para colocar novos jogos de pneus para a parte final da classificação. A definição ficou para os segundos finais, com os competidores apertando o ritmo apenas na segunda volta rápida. Verstappen e Ricciardo melhoraram suas marcas, 1m19s054 e 1m19s133. Tempos, porém, insuficientes para tirar Hamilton da primeira posição. O britânico não conseguiu baixar sua melhor volta e seguiu com 1m18s074. Restava Rosberg passar. O alemão conseguiria desbancar o companheiro? Pelo menos superar a dupla da RBR? Nico marcou 1m18s958 e, ao menos, assegurou o segundo lugar no grid, para alívio do chefe Toto Wolff nos boxes. Massa ficou com o nono tempo, 1m20s032, atrás de Bottas, oitavo com 1m19s551.

Resultado do treino classificatório para o GP do México (Foto: Divulgação)Resultado do treino classificatório para o GP do México (Foto: Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário