Follow by Email

1 de outubro de 2016

BRASILEIRÃO 2016 - Mano valoriza vitória "merecida, mas dramática" e entrega dos cruzeirenses

Cruzeiro vence o Grêmio por 1 a 0 e ganha fôlego na briga para se afastar do Z-4


- Merecida. Embora tenha sido dramática, porque 1 a 0 deixa o jogo aberto até o final, porque o gol aconteceu aos 32 do segundo tempo. Então, torna as coisas mais dramáticas. Mas o Cruzeiro, tirando os primeiros dez minutos de jogo, talvez 15, teve a dificuldade de procurar o encaixe. O perigo do jogo é levar a bola nas costas. É a característica do Grêmio.; Nosso mérito foi dar poucas oportunidades para isso acontecer. Foi com volume, persistência, determinação e raça, que fizemos o gol, que acabou sendo o gol da vitória. Já tínhamos feito jogos até melhores, mas em termos de comportamento, de superar dificuldades como superamos hoje, o jogo de hoje foi o melhor. Isso me deixou feliz.
Mano Menezes, Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)
Mano destacou entrega dos jogadores com
o Grêmio (Foto: Washington Alves/Light Press)
Questionado sobre a opção de entrar com Rafinha, deixando o uruguaio Arrascaeta no banco, Mano disse que precisava de um jogador que ajudasse mais no meio, que deixasse os volantes menos sobrecarregados.
- Precisava escolher 11. Como só posso botar 11, tive que escolher. A preocupação era mesmo com o meio-campo, que precisávamos ter uma postura de mais composição de meio. Por isso que o Rafinha foi escolhido, foi mais um meio-campista que um atacante. E o Arrascaeta, por característica, é mais atacante. Durante a semana fui perguntado sobre isso, e disse que o nosso problema não estava no setor dos volantes. Nossos volantes correram demais contra o Corinthians. Não falta comprometimento ou dedicação. Estava faltando um homem para compartilhar e ajudar. Eu não queria colocar um terceiro volante, acho que a equipe ia sentir a falta de um meia, ou colocava um meia que participasse um pouco mais. Não quer dizer que o Arrascaerta não vai poder jogar, mas, agora para frente, temos que entender que vamos ter que respeitar isso.
Sobre o apoio da torcida, e já projetando o jogo do próximo sábado, contra a Ponte Preta, novamente no Mineirão, Mano disse que a forma como o Cruzeiro atuou na vitória sobre o Grêmio vai levar ainda mais cruzeirenses para o estádio.
- Não tenho dúvida que o torcedor que veio vai voltar. E os que não vieram, alguns vão se somar aos que vieram. O que eles viram em campo agrada. O torcedor olha para o campo e pode dizer que tem expectativa com este time. Estava faltando isso. O mandante tem como característica controlar mais o jogo, embora essa equipe do Cruzeiro faça isso muito bem fora de casa, melhor até que a equipe do ano passado. Até se empolga um pouco, como foi contra o Flamengo, saindo do lugar na hora errada. Tem hora que você tem que saber administrar a vantagem que construiu, o que faltou no jogo de Cariacica (quando levou a virada de 2 a 1 para o Flamengo). Isso vai influenciar o torcedor para o jogo com a Ponte Preta.
O placar foi 1 a 0, mas o técnico Mano Menezes fez questão de exaltar a entrega dos jogadores do Cruzeiro na vitória sobre o Grêmio, na noite deste sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro (veja os lances no vídeo acima). O treinador cruzeirense destacou a entrega dos jogadores para superar um adversário que sabe marcar, que dificultou as ações, e só levou o gol depois dos 30 minutos do segundo tempo. Uma vitória bastante comemorada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário