Follow by Email

1 de outubro de 2016

BRASILEIRÃO 2016 - Corinthians é dominado pelo Botafogo e despenca no Campeonato Brasileiro

Paulistas foram presa fácil para o Botafogo e se afastaram da briga pela Libertadores (Foto: Ide Gomes / FramePhoto)
O Corinthians foi completamente dominado pelo Botafogo na tarde deste sábado, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, e somou seu quinto jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro. Desencontrado sem Rodriguinho e Giovanni Augusto, seus dois meias titulares, o Timão viu Neilton, Camilo e Diogo Barbosa comandarem as ações dos donos da casa e dispararem 2 a 0, com gols do primeiro e do terceiro do trio, ambos ainda na primeira etapa.
Com o resultado, os botafoguenses chegam aos mesmos 41 pontos dos corintianos, mas ainda ficam atrás na diferença de saldo de gols (6 a 2 para os paulistas). Os dois estão a cinco pontos do Fluminense, atualmente quinto colocado, e provável primeiro classificado para a Libertadores do ano que vem.
Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o perigoso Atlético-MG, terceiro colocado do campeonato, em duelo marcado para as 21h (de Brasília) da quarta-feira, no estádio de Itaquera. Jair Ventura e sua trupe, por outro lado, tentam manter a boa fase contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli, no domingo, às 16h (de Brasília).
Timão nervoso, Botafogo solto
Preocupado com o gramado pesado do estádio Luso-Brasileiro, o técnico Fábio Carille preferiu escalar um meio-campo apenas com jogadores de força na faixa central, apostando na boa presença física de Willians, Marciel e Camacho. Do outro lado, já conhecedor de cada espaço do local, Jair Ventura mandou a campo os leves Camilo, Diogo Barbosa e Neilton, conquistando um domínio praticamente inabalado nos 45 minutos iniciais.
A primeira chance veio aos nove minutos, quando Barbosa tabelou com Camilo no meio-campo e, da linha divisória, deu belo passe em profundidade para Vinícius Tanque. O centroavante recebeu com bastante espaço para conduzir, mas mostrou certa lentidão e, na entrada da área, arriscou chute rasteiro. Walter, bem posicionado, encaixou com tranquilidade.
O melhor futebol dos donos da casa, porém, continuou envolvente e não demorou para abrir o placar. Neilton entrou driblando na defesa e dividiu com Yago. A bola espirrou e sobrou limpa para Vinícius Tanque, em claro impedimento, ignorado pela arbitragem. Com calma, o centroavante devolveu para Neilton, que encobriu Walter para abrir o placar. Apesar da irregularidade, a vantagem botafoguense era justa pelo que acontecia até os 24 minutos.
Enquanto o Corinthians se perdia na armação e ficava irritado com o juiz Caio Max, o Fogão tratou de ampliar a sua vantagem. E o lance veio dos pés de um dos poucos jogadores que a torcida corintiana ainda confia. Aos 39 minutos, Carli fez lançamento do campo de defesa e Fagner tentou cortar de calcanhar. A bola bateu no braço de Diogo Barbosa, sem intenção, e sobrou limpa para o meia chutar forte, acertar o travessão e ver a bola cair atrás de Walter.
Times cansam e Corinthians perde chance de ouro
Mesmo sem melhorar nem seu nível de futebol nem sua atitude dentro de campo, o Corinthians ganhou de presente um pênalti do árbitro logo aos nove minutos de bola rolando. Marlone recebeu bola dentro da área e tentou um chute para o meio. A bola desviou no braço de Emerson Santos, que estava colado ao corpo do zagueiro, mas o juiz concordou com uma sinalização do assistente Flávio Gomes Barroca e assinalou a penalidade.
Era a chance de ouro para a equipe tentar melhorar de produção, ficando nos pés do meia Marquinhos Gabriel. Um dos poucos atletas que havia superado a maldição dos pênaltis que assombrou a equipe na temporada 2016, porém, o armador sucumbiu ao mesmo problema dos companheiros. Bateu rasteiro, no canto esquerdo, parando em fácil defesa de Sidão.
Depois disso, o jogo mostrou um Corinthians bastante apático para quem precisava buscar a vitória na briga por uma vaga na Libertadores. Carille tentou mudar a equipe, com Lucca, Gustavo e Rildo nos lugares de Marciel, Romero e Marquinhos Gabriel. Nada, porém, foi capaz de ao menos ameaçar uma mudança no placar.
FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1º de outubro de 2016, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN)
Cartões amarelos: Carli, Victor Luís, Bruno Silva, Dudu Cearense (Botafogo); Romero, Lucca, Marquinhos Gabriel (Corinthians)
Gols:
BOTAFOGO: Neilton, aos 24, Diogo Barbosa, aos 39 minutos do primeiro tempo

BOTAFOGO: Sidão; Alemão, Emerson Santos, Joel Carli e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Camilo e Diogo Barbosa (Rodrigo Pimpão); Neilton (Dudu Cearense) e Vinícius Tanque (Luis Henrique)
Técnico: Jair Ventura

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Willians, Camacho, Marquinhos Gabriel (Rildo), Marciel (Lucca) e Marlone; Romero (Gustavo)
Técnico: Fábio Carille


ENTREVISTA COM O BISPO MAGALHÃES NA RADIO/TV - WEB RADIO LOUVA RN.

BISPO MAGALHÃES E SUA ESPOSA PASTORA MARTA MAGALHÃES SÃO CONVIDADOS PELO BISPO LEANDRO PARA FALAR SOBRE OS SEUS LIVROS E OS PROJETOS DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DO DEUS VIVO.

WebRadioLouvaRN.com PROGRAMA ANIMEB NA WEBTV (26/09/2016)



Sites do Grupo: 
         www.midv.com.br

         www.cgiadn.blogspot.com.br

         www.aipbbrasil.com.br


Blogs:





CANAL MAGALHÃES - Vídeos youtube:

  


Empresa de Jornalismo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário