Follow by Email

1 de outubro de 2016

ELEIÇÕES 2016 RJ - 01/10/2016 18h05 - Atualizado em 01/10/2016 22h34 Datafolha, votos válidos: Crivella tem 32%, Freixo, 16%, e Pedro Paulo, 12%

Foram entrevistadas 2.159 pessoas entre 30 de setembro e 1 de outubro.
Margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.


oram divulgadas neste sábado (1) as duas novas pesquisas de intenção de voto para a Prefeitura do Rio de Janeiro, uma do Ibope e outra do Datafolha.
Abaixo, vamos ver os resultados da pesquisa Datafolha. É o quinto levantamento do instituto encomendado pela TV Globo em parceria com o jornal "Folha de S.Paulo".
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Datafolha, isso significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Segundo o Datafolha, se a eleição fosse hoje, Marcelo Crivella (PRB) iria para o segundo turno, mas o seu adversário está indefinido.
Disputando vaga no segundo turno, de acordo com o Datafolha, estão Marcelo Freixo (PSOL) ePedro Paulo (PMDB). Os percentuais dos dois candidatos estão no limite da margem de erro, mas, segundo o Datafolha, as tendências da última semana apontam maior probabilidade de Marcelo Freixo estar à frente de Pedro Paulo.
Votos totais

- Marcelo Crivella (PRB) - 27%
- Marcelo Freixo (PSOL) - 13%
- Pedro Paulo (PMDB) - 10%
- Indio da Costa (PSD) - 9%
- Osorio (PSDB) - 8%
- Carmen Migueles (Novo) - 1%
- Branco/nulo - 14%
- Não sabe/não respondeu - 4%

Marcelo Crivella (PRB): teve 28%, 29%, 31%, 29%; agora está com 27% (pela margem de erro, tem entre 25% e 29%)

Marcelo Freixo (PSOL): teve 11%, 11%, 10%, 10%; agora está com 13% (entre 11% e 15%)
- Pedro Paulo (PMDB): teve 5%, 8%, 9%, 11%; agora está com 10% (entre 8% e 12%)
- Indio da Costa (PSD): teve 4%, 6%, 6%, 5%; agora tem 9% (entre 7% e 11%)
- Carlos Osorio (PSDB): teve 3%, 4%, 4%, 6%; agora tem 8% (entre 6% e 10%)
- Flávio Bolsonaro (PSC): teve 9%, 6%, 7%, 7%; agora tem 7% (entre 5% e 9%)
- Jandira Feghali (PCdoB): teve 7%, 8%, 9%, 7%; agora tem 6% (entre 4% e 8%)
- Alessandro Molon (REDE): teve 2%, 1%, 2%, 1%; agora tem 2% (pode chegar 4%)
- Carmen Migueles (NOVO): teve 0%, 0%, 0%, 1%; agora tem 1% (pode chegar a 3%)
- Brancos e nulos: eram 20%, 19%, 15%, 15%; agora são 12%
- Indecisos: eram 9%, 7%, 6%, 7%; agora são 5%

Cyro Garcia (PSTU) e Thelma Bastos (PCO) foram citados, mas não alcançaram 1%.
O Datafolha também fez a pesquisa por segmentos. Leia mais
Segundo turno
O Datafolha também simulou seis cenários de segundo turno. São eles:
Crivella x Freixo
- Crivella: 42%
- Freixo: 37%
- Brancos/nulo: 18%
- Não sabe: 3%
(levantamento anterior: Crivella 51% x 29% Freixo)
Crivella x Bolsonaro
- Crivella: 45%
- Bolsonaro: 26%
- Brancos/nulo: 25%
- Não sabe: 3%
(levantamento anterior: Crivella 51% x 22% Bolsonaro)
Crivella x Jandira
- Crivella: 46%
- Jandira: 27%
- Em branco/nulo: 24%
- Não sabe: 3%
(levantamento anterior: Crivella 50% x 27% Jandira)
Crivella x Indio
- Crivella: 41%
- Indio: 38%
- Brancos/nulo: 19%
- Não sabe: 2%
(levantamento anterior: Crivella 49% x 30% Indio)
Crivella x Pedro Paulo
- Crivella: 47%
- Pedro Paulo: 25%
- Brancos/nulo: 25%
- Não sabe: 3%
(levantamento anterior: Crivella 49% x 24% Pedro Paulo)
Votos válidos
O Datafolha também divulgou a pesquisa com os votos válidos. Para calcular os votos válidos, são excluídos da mostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos.
Esse procedimento é o mesmo usado pela Justiça Eleitoral na hora de divulgar o resultado oficial da eleição.
Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa obter 50% dos válidos mais um voto.
O Datafolha diz que, no Rio de Janeiro, haverá segundo turno. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Resultado dos votos válidos:
- Crivella (PRB): 32%
Marcelo Freixo (PSOL): 16%
- Pedro Paulo (PMDB): 12%
- Indio da Costa (PSD): 11%
- Osorio (PSDB): 10%
- Flávio Bolsonaro (PSC): 8%
- Jandira Feghali (PC do B): 7%
Alessandro Molon (Rede): 2%
- Carmen Migueles (Novo): 1%
Cyro Garcia (PSTU): 0%
Thelma Bastos   (PCO): 0%
Datafolha, Rio, votos válidos (Foto: G1)
Rejeição
O Datafolha também apontou o índice de rejeição dos candidatos. Veja os números:
- Crivella (PRB): 31%
- Pedro Paulo (PMDB): 27%
Jandira Feghali (PC do B): 24%
- Flávio Bolsonaro (PSC): 16%
- Marcelo Freixo (PSOL): 12%
- Indio da Costa (PSD): 11%
- Alessandro Molon (Rede): 10%
Osorio (PSDB): 9%
- Cyro Garcia (PSTU): 9%
- Thelma Bastos (PCO): 7%
- Carmen Migueles (Novo): 3%
- Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 3%
- Rejeita todos/não votaria em nenhum: 4%
- Não sabe: 5%
Pesquisa Datafolha Rio, rejeição dos candidatos (Foto: Editoria de Arte/G1)
Avaliação do debate
O Datafolha também questionou os eleitores sobre o debate da Globo, realizado na quinta (29). Segundo o instituto, 54% assistiram ao debate (21% assistiram a todo o encontro; 33%, em parte). O Datafolha perguntou quem se saiu melhor. Veja os números:
- Crivella (PRB): 14%
- Marcelo Freixo (PSOL): 10%
- Osorio (PSDB): 8%
- Indio da Costa (PSD): 7%
- Pedro Paulo (PMDB): 5%
- Jandira Feghali (PC do B): 4%
Flávio Bolsonaro (PSC): 3%
- Alessandro Molon (Rede): 2%
- Todos: 1%
- Nenhum: 6%
- Não sabe: 40%
Sobre o voto
O instituto também perguntou aos eleitores em que momento eles decidiram o voto. Veja os percentuais:
- Pelo menos um mês antes da eleição: 72%
- 15 dias antes da eleição: 11%
- Nesta semana: 17%
- Não sabe: 0%
Sobre a chance de mudar o voto, as respostas foram as seguintes:
- Grande: 21%
- Média: 44%
- Pequena: 35%
Sobre o número a ser digitado na urna, 57% fizeram menções corretas, 3% menções incorretas, 34% não sabem o número do candidato e 5% não sabem como anular o voto.
Dados da pesquisa
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e o jornal "Folha de S.Paulo".
A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento foi realizado entre 30 de setembro e 1º de outubro. Foram entrevistadas 2.159 pessoas.
Essa pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número RJ-00488/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário