Follow by Email

16 de setembro de 2016

BRASILEIRÃO 2016 - Sem Robinho, Atlético-MG vence o Sport e encosta nos líderes do Brasileiro

Líderes do Campeonato Brasileiro, Palmeiras e Flamengo empataram em 1 a 1, no Allianz Parque, e deram chance de o Atlético-MG se aproximar na tabela de classificação. Oportunidade que o time mineiro não deixou passar, ao vencer o Sport, por 1 a 0, com gol de Júnior Urso.
Resultado que mantém o Atlético na terceira colocação, mas somente três pontos atrás do Palmeiras e dois atrás do Flamengo. Como a equipe alvinegra ainda joga com os dois concorrentes diretos, ambos em Belo Horizonte, o ânimo na busca pelo título nacional foi renovado. Motivação extra para o clássico de domingo, com o Cruzeiro, no Mineirão.

Em jogo de poucos destaques, gol ressalta Júnior Urso

Graças ao chute de Júnior Urso, de fora da área, que o Atlético encostou nos líderes do Brasileirão. O gol que garantiu três pontos ao time mineiro, também ressaltou Júnior Urso numa partida com poucos destaques individuais. O próprio volante já fez jogos melhores pelo Atlético, mas ainda não tinha marcado um gol tão importante.

Pratto tem atuação apagada e erra bastante

As últimas exibições de Lucas Pratto pelo Atlético foram bem abaixo do que o atacante costuma apresentar. Titular contra o Sport, mais uma vez ao lado de Fred, o camisa 9 errou lances fáceis, inclusive a chance de abrir o placar, logo aos 13 minutos. Aliás, a parceria entre Pratto e Fred segue com números individuais ruins. São apenas dois gols, um de cada, em 512 minutos juntos. Já o time tem grande aproveitamento, acima dos 60% dos pontos disputados.

Otero estreia como titular em BH e vai bem

Pela primeira vez desde que chegou ao Atlético, em julho, o venezuelano Rómulo Otero começou uma partida como titular, em Belo Horizonte. E o camisa 80 teve uma boa exibição. Apesar não ser o tradicional meia-armador, Otero tentou organizar o time do Atlético na primeira etapa. Pecou apenas na confiança no próprio chute, arriscando muitas vezes de longe, ao invés de optar pelo passe. Homem da bola parada, Otero errou a cobrança de dois escanteios, sendo que o primeiro deles mais pareceu um tiro de meta.

Marcelo preserva Robinho e escala Clayton

Apesar de ter o artilheiro do Campeonato Brasileiro à disposição, o técnico Marcelo Oliveira entendeu que o momento era de preservar Robinho. Assim, o camisa 7 sequer ficou no banco de reservas diante do Sport. O risco de lesão e o fato de o atacante estar pendurado e na sequência ser o clássico com o Cruzeiro, fizeram o treinador do Atlético não escalar Robinho. O escolhido para entrar no time foi Clayton, que formou o trio de ataque ao lado de Lucas Pratto e Fred.

Marcos Rocha volta e deixa o jogo com 11 minutos

Uma lesão na coxa direita afastou Marcos Rocha das últimas partidas do Atlético. Foram de ação por pouco mais de duas semanas, o lateral direito voltou ao time nesta quinta, contra o Sport. Porém, o camisa 2 ficou somente 11 minutos em campo. O jogador do Atlético voltou a se queixar de dores e teve de ser substituído. Marcelo Oliveira optou por Erazo, deslocando Gabriel para a lateral direita.

Magrão erra o tempo de bola, é expulso e estraga festa

No domingo o Sport recebe o Coritiba, pela 26ª rodada. Partida que poderia ser a de número 600 do goleiro Magrão pelo clube rubro-negro. Mas não vai ser. O camisa 1 do Sport errou o tempo de bola após um lançamento de Victor e teve de fazer uma defesa com as mãos, fora da área, para que Clayton não marcasse o gol para o Atlético. Com a expulsão de Magrão, uma festa que estava programa pelo Sport, para o próximo, vai ser cancelada.

Força caseira embala o Atlético no Brasileirão

Jogar em Belo Horizonte é determinante para o Atlético neste Campeonato Brasileiro. Contra o Sport foi a décima vitória consecutiva da equipe alvinegra na capital mineira. Foram nove partidas como mandante e uma como visitante, diante do América-MG. Para aumentar a confiança do torcedor na briga pela liderança, o Atlético joga as duas próximas rodadas em BH, contra Cruzeiro, na condição de visitante, no Mineirão, e recebe o Internacional, em local ainda não confirmado.

Fred não tem bom relacionado com as traves do Horto

Aos 26 minutos o atacante Fred teve uma chance incrível para aumentar a vantagem do Atlético sobre o Sport. O centroavante aproveitou uma falha no posicionamento da defesa pernambucana e ficou sozinho com o goleiro Agenor. No entanto, Fred mandou a bola no travessão. Imediatamente veio a lembrança do jogo passado, em BH, contra o Vitória, quando o camisa 99 também chutou duas bolas no travessão, ambas sem goleiro.

Juca Kfouri: "Galo não convence"

Comentarista e blogueiro do UOL Esporte, Juca Kfouri crê que o Atlético-MG ficou devendo, apesar da vitória sobre o Sport, por 1 a 0: "O Galo segue no pelotão de frente, mas sem convencer", disse. Confira aqui a análise completa
FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 0 SPORT
Data: 16/09/2016 (quinta-feira)

Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 11.389 pagantes
Renda: R$ 382.580,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP/Fifa) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: - (CAM) Samuel Xavier (SPT)
Cartão vermelho: Magrão (SPT)
Gols: Júnior Urso aos 13 min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG

Victor, Marcos Rocha (Erazo, aos 12 do 1º), Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Otero (Carlos Eduardo, aos 27 do 2º); Clayton (Cazares, aos 11 do 2º), Pratto e Fred.
Treinador: Marcelo Oliveira.

SPORT

Magrão, Samuel Xavier, Matheus, Durval e Rodney Wallace; Paulo Roberto, Neto Moura e Gabriel Xavier; Rogério (Apodi, aos 27 do 2º), Everton Felipe (Agenor, aos 39 do 1º) e Ruiz (Vinícius Araújo, aos 36 do 2º).
Treinador: Oswaldo de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário