Follow by Email

28 de setembro de 2016

SAÚDE 1- COMO FAZER FARINHA DE ARROZ – PARA VOCÊ FAZER PÃES E BOLOS SEM GLÚTEN!

farinha_de_arroz_-_novo_ed

Com o grande volume de descobertas negativas sobre o glúten, está aumentando a procura por farinhas sem glúten.
E a de arroz é uma dessas farinhas.
O mercado já oferece várias marcas de farinha de arroz.
Então, por que fazê-la em casa?
Por vários motivos.
Um deles é o econômico.
Produzir a própria farinha de arroz sai mais em conta do que comprá-la.
Outro motivo é a qualidade.
Quando você faz a farinha, você tem a opção selecionar os grãos, que podem ser bons ou ruins.
Lógico que grãos bons resultarão numa farinha boa.
E grãos ruins, num produto ruim.
E tem mais.
A farinha de arroz ainda não é um produto tão popular, ou seja, não se encontra facilmente em qualquer comércio.
Tanto que em muitas cidades de interior, especialmente as menores, não se vende farinha de arroz.
Não é complicado produzir essa farinha.

Diríamos até que é muito fácil.
No entanto, é necessário o uso de um bom liquidificador ou processador.
É muito importante o uso de um equipamento com potência suficiente para moer grãos.
Um liquidificador com potência de 600 watts já é capaz de fazer o serviço.
Mas, se o seu equipamento for fraco, nem perca tempo, pois corre o risco de ele quebrar, em razão do desgaste, durante o preparo da farinha
E como se faz a farinha?
Como dissemos, é muito simples.
Você pode usar arroz integral ou branco.
A farinha feita com arroz branco fica mais leve e fina.
Além disso, dura mais.

como_fazer_farinha_de_arroz_edit

É importante escolher um arroz de boa qualidade e novinho.
Isso é importante e interfere na qualidade do produto.
Feita a seleção dos grãos, você pode iniciar o preparo.
Compre um pacote de um quilo de arroz e divida o conteúdo em quatro xícaras (de chá).
Passe no liquidificador ou no processador uma xícara por vez.
Se seu equipamento não for muito potente, talvez seja necessário peneirar.
Mas, se ele for valente, basta moer bem que a farinha ficará no ponto.
Quanto mais fina for ela, melhor será para depois ser usada em receitas (pães, bolos, pizzas, por exemplo).
Conserve a farinha em recipiente hermeticamente fechado.
Por ser um produto natural e sem nenhum conservante, ela é mais sensível.
Por isso, é bom até deixá-la – em vasilha de tampa hermética – na geladeira.
A farinha de arroz integral é mais nutritiva e mais rica em fibras.
No entanto, a farinha de arroz branco tem, como foi dito, a vantagem de durar mais e de ser mais apropriada para receitas.
Observe que a farinha de arroz absorve mais água do que a de trigo.
Por isso talvez haja necessidade de adicionar mais líquidos às receitas para conseguir a consistência correta.
Entenda que a farinha de arroz não tem glúten e isso a torna muito diferente da farinha de trigo.
As receitas produzidas com a farinha sem glúten normalmente ficam com a massa mais mole.
Você pode corrigir esse problema e melhorar a textura colocando mais ovos na receita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário