Follow by Email

21 de julho de 2017

Com pintura de André, Sport goleia o Atlético-GO na Ilha do Retiro


Resultado de imagem para GOL DO ANDRE O ULTIMO CONTRA O ATLÉTICO GO

Apesar de ter passado por restauração por conta das fortes chuvas que atingiram Pernambuco no último mês, Sport e Atlético-GO tiveram que jogar em um gramado encharcado na Ilha do Retiro. 

Em casa, o Leão goleou o Dragão por 4 a 1, subiu três posições e assumiu o quinto lugar da tabela. Enquanto isso, o Atlético-GO tenta respirar na amarga zona de rebaixamento, sem vencer há oito jogos sem vencer.

Logo aos 3 minutos, o Atlético-GO conseguiu um escanteio perigoso. Após a cobrança, Walter aproveitou o desvio de cabeça de Igor e mandou no travessão. No rebote, o árbitro marcou impedimento do zagueiro Gilvan na cara do gol.



O susto acordou o Leão. Três minutos depois do lance perigoso do adversário, Gilvan cometeu uma falha ao afastar e deixou a bola nos pés de Patrick, que tabelou com Mena e voou para a área, pegando o cruzamento de primeira e mandando para o fundo das redes do goleiro Klever.

O Atlético-GO só voltou a criar uma chance aos 16. Após cobrança perigosa de escanteio, Gilvan subiu de cabeça, mas mandou a bola para fora rente à trave esquerda. 

Seguindo a lei do futebol que diz que "quem não faz, leva", Diego Souza marcou o segundo do Sport. Aos 18 minutos, Mena chegou à linha de fundo e cruzou para a área. 

Diego Souza se antecipa, Klever falha e a bola mais uma vez entra no gol do Atlético-GO.

Pressionado, o goleiro do Dragão conseguiu evitar o segundo do meia, que tentou ampliar o resultado com uma cavadinha, aos 26. Enquanto isso, a chuva só aumentou na Ilha do Retiro, o que dificultou a movimentação e criação de jogadas. 

Mas ainda houve tempo para o Sport marcar o terceiro. Diego Souza cobrou falta na medida para André aproveitar o espaço e ampliar o placar aos 40 minutos.

Em um gramado empoçado, o Atlético-GO chegou com perigo mais uma vez na área do Sport, aos 43, Niltinho cruzou para Jorginho, que não conseguiu dominar e bateu torto, fazendo a bola sobrar para Igor, que é parado pela zaga rubro-negra.

No retorno para a segunda etapa, havia mais água em campo do que futebol. 

O primeiro lance de perigo foi aos 8 minutos. Breno Lopes recebeu pela esquerda e tentou finalizar, mas não conseguiu dominar, pegou mal na bola e isolou. 

Em seguida, Mena, dono de belas assistências na partida, tentou um chutão para a área, mas furou.

Uma sequência de erros marcou o segundo tempo do confronto. Para não serem travados pelas poças no gramado, os dois times investiram em chutões. 

Aos 21, André recebeu cruzamento na cara do gol do Atlético-GO e pouco importou se mandou pela linha de fundo, porque o lance já estava impedido. 

Em uma dividida, Andrigo sofreu um corte no rosto e precisou receber atendimento fora de campo.

Aos 24 minutos, Walter conseguiu realizar uma boa finalização e obrigou o goleiro Agenor a realizar uma boa defesa. 

Com uma larga vantagem, o Sport fez menos esforço para chegar ao ataque e ainda assim conseguiu marcar o quarto gol em cima do Dragão. 

Aos 35, André aproveitou o lançamento de Rithely, que finalizou de cobertura e marcou o gol mais bonito da noite.

Toques de bola e poucas de perigo marcaram o restante da partida. Dois minutos de acréscimos foram dados e as equipes mantiveram o ritmo de jogo sem alterações no placar. 

A vitória deixa o Leão em quinto lugar, enquanto o Atlético-GO segue na última colocação da tabela.

FICHA TÉCNICA
SPORT 4 x 0 ATLÉTICO-GO
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data-Hora: 20/7/2017 - 20h
Árbitro: Dewson Freitas (PA)
Auxiliares: Hélcio Neves (PA) e José Ricardo Guimarães (PA)
Público/renda: 9.748 / R$ 194.049,00 
Cartões amarelos: Rithely, Everton Felipe (SPORT); Igor (ATLÉTICO-GO)
Cartões vermelhos: -
Gols: Patrick (6'/1ºT), Diego Souza (18'/1ºT), André (40'/1ºT e 35'2ºT)

SPORT: Agenor; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Oswaldo Henríquez, Mena (Sander); Patrick, Rithely, Everton Felipe, Diego Souza (Rodrigo); Rogério (Lenis) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-GO: Klever; André Castro, Gilvan, Roger Carvalho, Breno Lopes; Marcão Silva (Everton Heleno), Igor, Paulinho (Andrigo), Jorginho; Niltinho (Silva) e Walter. Técnico: Doriva

Nenhum comentário:

Postar um comentário