Follow by Email

21 de agosto de 2016

SAÚDE 1 - COMO TRATAR A SINUSITE E LIMPAR OS SEIOS NASAIS EM SEGUNDOS USANDO APENAS OS SEUS DEDOS

Resultado de imagem para SINUSITESeios paranasais bloqueados são um problema de saúde comum que afeta pessoas de todas as idades.

Há muitos fatores que contribuem para este problema, incluindo alergias, resfriados e até mesmo mudanças no clima.

A maioria das pessoas recorre a medicamentos para tratar este problema de saúde.

Mas felizmente existem maneiras naturais de aliviar a pressão causada por seios bloqueados.

Resultado de imagem para SINUSITENa verdade, esses métodos livre de drogas são baseados na física em vez da química e são igualmente, se não mais, eficazes no alívio de um nariz entupido.

Continue a ler para descobrir como um simples toque em um ponto de pressão pode lhe dar alívio imediato.

PRESSIONE ESTE PONTO E ALIVIE A SINUSITE

É tudo muito simples.

Você só precisa empurrar sua língua contra o céu da boca e colocar o polegar entre as sobrancelhas.

Resultado de imagem para SINUSITECom o polegar, aplique pressão durante 20 segundos.

Como resultado, seus seios paranasais serão drenados, descongestionando toda a região.

A explicação do método:

O vômer é um osso localizado dentro da cavidade nasal.

A dra. Lisa Destefano, professora assistente da Universidade de Michigan – Faculdade de 
Medicina 

Osteopática, afirma que esta técnica ajuda a movimentar o osso vômer, o que alivia a congestão e permite que seus seios paranasais sejam drenados.

Outra forma muito boa de descongestionar os seios paranasais é massageando a sobrancelha.


Veja o vídeo e depois leia nossa explicação.

Agora vamos explicar de forma simplificada.

Você deve começar no ponto onde as duas se encontram.

Incline a cabeça levemente para a frente e, com o dedo indicador, vá massageando/pressionando toda a extensão das sobrancelhas até a ponta, onde elas terminam.

Basicamente é isso que você tem de fazer.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário