Follow by Email

18 de agosto de 2016

OLIMPÍADAS A hora mais esperada por Yane Marques

Paulo Paiva/DP


Disputa do pentatlo moderno na Olimpíada Rio 2016 inicia nesta quinta-feira, às 10h. Caminho até o pódio será mais árduo que em Lonfres- 2012.



É bom que fique bem claro. A realidade que Yane Marques, de 32 anos, vai enfrentar hoje, quando tem início as disputas do pentatlo moderno, é completamente diferente da vivida em Londres. 

Se há quatro anos, seu treinador Alexandre França projetava sua presença no pódio, caso ela terminasse a esgrima na sexta posição - o que acabou ocorrendo -, na Rio-2016 o critério está mais severo. 

Para sonhar com a segunda medalha olímpica, a pentatleta será mais exigida. Terá de terminar a competição entre as quatro primeiras colocadas.

“Além de lutar para ficar entre as quatro, vamos depender também de outras combinações nas demais provas. Mas friso que essa disputa está muito acirrada. Hoje temos muito mais atletas praticando o pentatlo. 

E elas estão bem mais desenvolvidas”, destacou França. Para o técnico, a contribuição da torcida vai ser favorável a Yane. “

Ajudará bastante a presença das pessoas nas arquibancadas. Ela está tranquila e fizemos uma ótima preparação”, acrescentou.

Reclusa, a atleta tem se limitado a falar - via celular - com o marido, Aloisio Sandes, e a mãe, dona Gorete, que chegaram ontem ao Rio de Janeiro. Todos estão com a missão de deixá-la mais leve, sem preocupações. Aloisio Sandes, companheiro de Yane há 11 anos, filtra as mensagens que chegam ao seu telefone. 

“Sinto que tem uma cobrança das pessoas porque a competição é em casa. Tem gente que liga já dizendo que ela vai ser ouro. Sabemos que não é tão simples assim. Eu procuro não repassar esse tipo de pressão para ela. 

Na nossa última conversa, Yane estava um pouco ansiosa, o que é normal até a prova ter início. Ela é muito centrada. Tenho certeza de que fará uma boa campanha”, explica Aloisio.

CONCORRENTES
As cobranças externas são mínimas se comparadas aos duelos que a pernambucana irá travar em busca de um bom resultado. Suas principais adversárias estão em peso por aqui. 

As campeãs olímpicas Laura Asadauskaite, da Lituânia, e Lena Schöneborn, da Alemanha, aparecem logo como fortes candidatas ao ouro. Sem falar nas campeãs do mundo, a chinesa Qian Chen, e a britânica Samantha Murray.

Para deixar as oponentes para trás, Yane Marques, que ocupa a 12ª posição no ranking mundial, investiu em treinos mais intensos nos Estados Unidos e Europa. 

Somente nas duas últimas semanas, no Colégio da Polícia Militar, em Curitiba, foi que ela deu inicio ao polimento - parte branda do treinamento. Neste período, a pentatleta ainda desfrutou da companhia de suas concorrentes, já que vários países da Europa fizeram aclimatação na capital paranaense.

No masculino

Felipe Nascimento
Correndo por fora na disputa masculina está o também pernambucano Felipe Nascimento, que fará sua estreia hoje, a partir das 14h30, em Deodoro. 

Líder do ranking nacional, o atleta – estreante em Jogos Olímpicos – passou as duas últimas semanas em Colorado Springs, nos Estados Unidos. Concluiu preparação que vinha sendo feito na capital pernambucana. Atualmente, ele ocupa a 74ª colocação no ranking da União Internacional de pentatlo moderno. 

O primeiro colocado é o britânico James Cooke, favorito a um lugar no pódio.

Programação

Hoje
10h - esgrima (feminino)
14h30 - esgrima (masculino)

Amanhã
12h - final feminina

Sábado
12h - final masculina

72 Atletas inscritos
28 Países

Nenhum comentário:

Postar um comentário